Como Trabalhar na Itália - TrabalharFora - Tudo que você precisa saber para trabalhar fora do Brasil
Connect with us

Itália

Como Trabalhar na Itália

Published

on

Como Trabalhar na Itália

A Itália é um país muito procurado por imigrantes, seja com finalidade de estudar, morar ou trabalhar, é um fato que o país possui grande prestígio nos sonhos de milhares de pessoas ao redor do mundo inteiro. Neste guia, você irá aprender o que é necessário, e como você, leitor, poderá trabalhar na Itália. Confira!

O Primeiro Passo

O que você precisa para Trabalhar na Itália?

Como dito anteriormente, a Itália é um país de grande preferência entre os brasileiros, principalmente porque muitos possuem descendência italiana, o que amplia o vínculo com o país. Porém, há diversos casos onde o motivo principal do desejo de trabalhar na Itália vincule-se com estabilidade, belas paisagens, segurança e afinidade com a organização italiana. Para dar o primeiro passo rumo à execução do sonho de trabalhar na Itália, você irá precisar:

Aprenda Italiano

Aprender Italiano é um passo essencial para o seu conforto na Itália, bem como é fundamental para que você possa se comunicar no trabalho e assim manter um desempenho favorável nas empresas italianas.

Hoje em dia, com o boom dos canais do YouTube, é possível aprender gratuitamente. São alguns dos canais que ensinam italiano grátis:

  1. Vou Aprender Italiano;
  2. Sgrammaticando; e
  3. Italica
  • Conquiste seu Visto

            Neste guia sobre Como Trabalhar na Itália, você irá aprender qual a importância de possuir um visto que promova o direito ao trabalho na Itália, e como conseguí-lo.

A princípio, o visto simboliza a finalidade com a qual você pretende entrar na Itália, e isso faz com que sua imigração seja legalizada. Uma imigração legal impede inúmeros problemas, incluindo a possibilidade de deportação.

 Formas de Trabalhar na Itália 2018

Possuir Cidadania Italiana confere o pleno direito ao trabalho na Itália. A dica dos especialistas é juntar os documentos necessários e, se possível, realizar o processo na Itália, visto que é menos demorado. Possuem o direito à cidadania italiana:

  • Por linha Paterna: se seus ascendentes diretos (avô, bisavô e pai), do sexo masculino, são italianos, você possui este direito.
  • Por linha Materna: se houver uma mulher na linha de transmissão, os nascidos após 1948 poderão solicitar a cidadania italiana.
  • Por casamento: mulheres casadas com italianos até 1983 têm cidadania reconhecida automaticamente. Para quem casou-se após a data, é necessário solicitar o direito no Brasil e aguardar completar 3 anos de casamento, ou se houver filhos, 1 ano e 6 meses.

Visto de Estudante é uma das maneiras de iniciar sua atividade laboral na Itália. Com ele, é possível estudar legalizadamente na Itália e posteriormente requisitar permissão para trabalhar, quando houver um contrato regular. São algumas das modalidades de estudo que permitem:

  • Cursos de Extensão;
  • Cursos de Graduação; e
  • Cursos de Pós-Graduação.

Visto de Trabalho, como o próprio nome simboliza, permite o exercício do trabalho na Itália. Se aplica à emprego, trabalho temporário e trabalho autônomo.

E o que é necessário para Conquistar um Visto Italiano?

Esta é uma pergunta que muitos imigrantes que desejam morar e trabalhar na Itália fazem. Nesta seção, você irá encontrar o que é necessário para conquistar cada uma das modalidades de visto italianas. Confira:

✔  Visto de Turismo

Se você deseja conhecer a Itália antes de imigrar, sendo brasileiro, não precisará se preocupar. Os brasileiros não precisam de visto de turismo para visitar a Itália por até 90 dias. Entretanto, você precisará de:

  1. Seguro Saúde com cobertura de no mínimo 30 mil euros;
  2. Comprovação de Hospedagem Idônea;
  3. Passaporte com validade de no mínimo 3 meses; e
  4. Passagem de volta.

✔  Visto de Estudo e Estágio

Com este visto, o imigrante é considerado um estudante, e possui liberação para estudar por período superior a 90 dias. Há vários tipos de visto de estudo, e cada um custa 50 euros. São eles:

  • Visto para curso universitário;
  • Visto de curso e capacitação profissional;
  • Visto de curso de pós graduação, etc.

✔  Visto de Trabalho

Para adquirir um Visto de Trabalho da Itália, que custa 116 euros, você precisará de:

  1. Proposta de Trabalho de um Empregador Italiano;
  2. Se sua intenção é trabalhar como autônomo, deverá comprovar recursos para exercer o trabalho;
  3. Comprovativo de Renda anual, em caso de autônomos;
  4. Comprovativo de meios para manter-se na Itália, como alojamento, etc.

✔  Vistos Diversos

            Existem vários tipos de vistos da Itália, entre os mais diversificados, pois como você já observou, cada visto simboliza uma intenção do imigrante. São alguns dos vistos italianos:

  • Visto para Adoção;
  • Visto para tratamento de saúde;
  • Visto para missão diplomática;
  • Visto para negócios;
  • Visto para motivos religiosos, etc.

As melhores cidades para se trabalhar na Itália

 Florença

            A cidade de Florença encanta milhares de turistas que a visitam anualmente. É a maior região da Toscana, e possui cerca de 380 mil habitantes.

Há diversas oportunidades na área de têxteis, inclusive, Florença abriga a fábrica da Gucci, além de ser a terra natal de Dante Alighieri.

Gênova

Gênova é uma cidade mais populosa que Florença, pois conta com aproximadamente 650 habitantes. A cidade é considerada o centro comercial de duas importantes regiões agrícolas da Itália, e pode-se encontrar muitas oportunidades em atividades portuárias, metalúrgicas, indústrias químicas, de cimento, papel, entre outras.

  Bolonha

Bolonha abriga a Universidade de Bolonha – a mais antiga da Europa. É uma cidade juvenil, pois abriga vários estudantes. Sua economia envolve indústrias e a área educacional.

  Turim

Situada na região de Piemonte, Turim possui quase 1 milhão de habitantes. A cidade é sede da FIAT, da rede de Televisão RAI e também é sede do Museu Nacional de Cinema.

Nápoles

A cidade de Nápoles concentra grande atividade econômica por volta do Turismo e dos Alimentos. Também é uma das cidades mais baratas para se viver na Itália.

Como é morar e trabalhar na Itália?

A Itália não surpreende os imigrantes apenas por sua beleza, e pelos benefícios que oferece como país europeu. A Itália também promove uma sensação de similaridade com a cultura brasileira. É muito comum que os brasileiros sintam-se totalmente acolhidos e integrados junto aos italianos.

Certamente, há muitas diferenças de região para região, nos quesitos de comportamento populacional. Enquanto que no Norte da Itália as pessoas são respeitosas, educadas mas com certa formalidade, no Sul da Itália nota-se que a população possui maior interesse em laços de amizade com imigrantes, sendo brincalhonas.

Trabalhar na Itália também é uma experiência positiva para muitos imigrantes, visto que a taxa de desemprego na Itália é menor, se comparada ao Brasil. Há muitas agências de emprego, bem como sites voltados à empregos na Itália.

A Itália não possui um salário mínimo pré definido, mas é possível estipular que pessoas com pouca qualificação ganhem em média 1100 euros mensais, pessoas com qualificação média 1450 euros e pessoas com alta qualificação de 1900 a 2500 euros por mês.

Na Itália existem algumas peculiaridades no que se refere à serviços. Se faz um pouco raro encontrar estabelecimentos que abrem 24 horas, e também não é comum encontrar delivery. Serviços de cabeleireiro, empregada doméstica e transporte escolar são tidos como luxo.

Quanto Custa Morar na Itália?

Nesta seção, você irá observar custos aproximados de vários aspectos de um orçamento familiar na Itália.

Contas

Roma

Luz, água e gás€130
TV a cabo e Telefonia€30

Nápoles

Luz, água e gás€125
TV a cabo e Telefonia€24

Aluguel

Roma

1 quarto central€900
3 quartos central€2000

Nápoles

1 quarto central€500
3 quartos central€980

Alimentação

Roma

1L de leite€1,50
12 ovos€3
Combo McDonald’s€8

Nápoles

1L de leite€1,50
12 ovos€2,40
Refeição Simples€10

 Transporte

Roma

75 minutos€1,50

Nápoles

Bilhete de Metrô Simples€1
Bilhete Integrado Simples€1,50

Vantagens e Desvantagens de Morar e Trabalhar na Itália

Sabemos que este é um ponto essencial para sua decisão de morar e trabalhar na Itália se consolidar realmente.

Neste tópico, é importante que você leitor se concentre em atribuir seu peso pessoal de importância à cada um dos aspectos apresentados. Muitas vezes, a desvantagem transforma-se em vantagem, e vice e versa. Confira algumas vantagens e desvantagens de morar e trabalhar na Itália:

Vantagens

 Paisagens Belíssimas
Este aspecto é claramente visível por todos os imigrantes que nunca visitaram a Itália, e também para seus habitantes. Aproximadamente 51 monumentos italianos são considerados patrimônios da UNESCO. Legal, não é?

 Valorização da Alimentação e Gastronomia Deliciosa
Na Itália, os ingredientes são cultivados com intensas normativas de regulamentação. Também há grande valorização de técnicas gastronômicas.

 Baixa Desigualdade Social.

 Educação Pública de Qualidade

 

Desvantagens

 Pouca quantidade de locais falantes de inglês
Este é um motivo grandioso para que você, futuro imigrante, aprenda Italiano. É comum que os italianos não falem inglês, ou reconheçam a importância do idioma.

 Burocracia

A burocracia é outro ponto muito comentado por imigrantes e habitantes.

Estudar na Itália

Estudar na Itália é uma experiência muito prazerosa para os imigrantes que desejam aperfeiçoar seus conhecimentos, seja com objetivo de retornar ao seu país de origem com maior qualificação ou buscar oportunidades de continuar a vida na Itália, é uma ótima escolha.

Há várias universidades e várias cidades onde concentram-se os estudantes. Nesta seção, você irá observar alguns tipos de curso na Itália.

Curso de Italiano

Cursando o idioma italiano in loco poderá contribuir muito para seu desenvolvimento pessoal e profissional. Não se faz necessário comprovar escolaridade, ou possuir idade específica para realizá-los.

Existem cursos intensivos (de curta duração) e cursos regulares (com duração mais prolongada), e os valores são variáveis. 40 horas de aulas distribuídas em 2 semanas, em Florença, custam aproximadamente 380€.

Cursos Universitários

Se você já possui o ensino médio concluso, então poderá optar por graduar-se na Itália. É necessário reconhecer seus estudos brasileiros junto à embaixada antes de participar de um processo seletivo em uma universidade italiana.

Os valores também são variáveis, levando em consideração:

  • Renda do Estudante;
  • Nível de Graduação;
  • Curso Escolhido; e
  • Instituição de Ensino.

As Instituições de Ensino levam em consideração a renda como forma de ampliar o acesso à educação universitária da Itália. Desta forma, o estudante com baixa renda poderá estudar com descontos ou até mesmo de maneira gratuita.

Faz-se importante dizer que nem todos os cursos requerem um vestibular prévio. Carreiras como engenharia e área de saúde fazem como requisito a prova de vestibular, entretanto, outras carreiras que não são tão requisitadas na Itália dispensam este requisito.

Como é o Sistema de Saúde na Itália?

muito recorrente aos futuros imigrantes que desejam morar e trabalhar na Itália é a questão da saúde pública.

Sim! Na Itália, existe o sistema de saúde pública, que é similar ao SUS brasileiro, e o sistema de saúde privada, destinado ao paciente que deseja evitar filas, e obter as facilidades que um plano de saúde pode proporcionar.

Os italianos também contam com a presença de um Médico de Família, que é o profissional que está habituado com você e sua família, que conhece seu histórico médico e o encaminha para especialistas, caso se faça necessário. A consulta com um médico de família é gratuita, e eles costumam atender em postos de saúde ou consultórios públicos.

Como é o Transporte na Itália?

O transporte italiano é realizado através de diferentes meios de locomoção. Entre eles, são mais populares:

✔  Bonde;

✔  Metrô;

✔  Bicicleta;

✔  Scooters; e

✔  Ônibus.

Uma curiosidade é a ausência de um “cobrador” no ônibus. O usuário de ônibus deverá comprar em bares, bancas de jornais e tabacarias, um ticket, que é validado em um aparelho dentro do próprio ônibus.

 Como encontrar um emprego na Itália

Se após a leitura completa deste guia sobre Como Trabalhar na Itália você sentiu-se motivado a continuar com o plano de morar e trabalhar na Itália, preparamos uma lista com dicas especiais para você conquistar um emprego na Itália.

  1. Seja Persistente

    Busque feedbacks, afinal, é muito importante uma visão empresarial sobre seu desempenho em entrevistas e processos seletivos. Não se envergonhe de buscar respostas sobre decisões, e, se for conveniente ao seu crescimento pessoal, questioná-las.

  2. Atualize seu Currículo

    O currículo é uma poderosa ferramenta de comunicação entre você e o empresário, portanto, não se esqueça de remodelá-lo em padrões aperfeiçoados, atualizar seus dados e conferir aspectos como ortografia.

  3. Busque Indicações

    Como imigrante, indicações de habitantes locais são muito úteis para que você conquiste seu primeiro emprego na Itália.

  4. Visite sites de emprego

    Com a internet, a maioria dos processos seletivos acontecem através de sites de emprego. Não esqueça-se de criar um bom perfil nestes sites, e sempre atualizar-se sobre novas vagas.

  5. Prepare-se para uma entrevista de emprego

    Treine suas habilidades orais em italiano, para mostrar-se capacitado.

Profissões de Alta Demanda na Itália

            Para que você consiga adequar-se mais facilmente no mercado de trabalho italiano, sugerimos que você observe a lista dos 5 empregos com maior demanda na Itália. Avalie também se vale a pena graduar-se em alguma destas áreas!

  • Padeiro

            Isto mesmo! Na Itália, há carência de bons padeiros, e portanto, a profissão tornou-se rentável e muito requisitada. O chamado Panettiere poderá lucrar de 1.500 a 2.500 euros mensais, se buscar seu aperfeiçoamento profissional. Entretanto, é muito comum os padeiros trabalharem à noite na Itália.

  • Esteticista

Maquiagem, cortes de cabelo, manicure, entre outros aspectos da estética são muito rentáveis da Itália. O valor pago por uma noiva, por exemplo, é em média 500 euros para usufruir dos serviços de estética.

  • Marceneiro

A marcenaria é uma arte, e, na Itália, uma arte em carência. O marceneiro habilidoso é capaz de lucrar bastante na Itália.

  • Mecânico de Automóveis

O mecânico na Itália também poderá encontrar facilmente um emprego, visto que além da Itália sediar empresas como a FIAT, a Ferrari e a Lamborghini, os italianos possuem grande paixão por carros e motos.

Referências Importantes

 Sites para Conseguir Emprego na Itália

            Preparamos para você uma listagem com as melhores sites para conseguir emprego na Itália. A seguir, você irá conhecê-los:

✔  Monster Itália

✔  Cerco Lavoro

✔  Trovo Lavoro

Consulados da Itália

            Caso você precise de serviços consulares, você poderá consultar o endereço mais próximo de sua residência. Lembrando que para uma lista completa, clique aqui.

 Vice Consulado Honorário da Itália

Manaus – AM

Endereço: Av. Rio Mar, 474 – Bairro N.S das Graças

Telefone: (0xx92) 3212-6017

Consulado Honorário da Itália

Salvador – BA

Endereço: Av. Sete de Setembro, 1238

Telefone: (0xx71) 3329-5338/3512

Consulado Geral da Itália

Curitiba – PR

Endereço: Rua Marechal Deodoro, 630 – conj. 2101

Telefone: (0xx41) 3883-1750/51/52

Consulado Geral da Itália

Rio de Janeiro – RJ

Endereço: Av. Presidente Antônio Carlos, 40 – 7o andar

Telefone: (0xx21) 3534-1315

Já sabe como irá enviar seu dinheiro para o exterior? Conheça a plataforma Transferwise, nós usamos e indicamos, além disso, conheça mais sobre a austrália.

Continue Reading
Click to comment

Copyright © 2017-2019 Trabalhar Fora - All Rights Reserved